Seria muito estranho imaginar que as rotinas diárias aparentemente inofensivas realizadas por milhões de pessoas poderiam trazer algum tipo de perigo escondido. Mas a realidade irá surpreendê-lo.

Nós do Zona Curiosa fizemos uma lista dessas coisas do dia-a-dia que você jamais imaginou que poderiam estar te matando lentamente. Confira:

1. Ficar sentando por muito tempo

Trabalhar sentado, no escritório por exemplo, aumenta em 65% (!!!) o risco de desenvolver várias doenças, como problemas na coluna, doenças do coração e circulação, diabetes e obesidade, dentre várias outras.

2. Calças apertadas

O uso de calças apertadas faz a circulação do corpo não funcionar adequadamente, é como se literalmente se estancasse o sangue que corre por suas pernas. O uso destas peças de vestuário pode provocar dormência nos músculos, além das temidas varizes… Podem, também, causar hemorroidas.

3. Saltos altos

O problema desses sapatos é determinado principalmente pelos saltos, além, geralmente, de serem sapatos muito estreitos. Provocam joanetes, danos ao Tendão de Aquiles, calos nos pés e enfraquecimento dos músculos da perna. Com isso, o sistema nervoso das pernas pode também ser afetado.

4. Não usar protetor solar

Com certeza você já deve ter ouvido isso do seu dermatologista e achou que ele era exagerado…mas é verdade! O protetor solar não só protege sua pele dos raios UV, como também previne o envelhecimento precoce.

5. Gravatas

Usar gravatas muito apertadas pode cortar o fluxo do sangue que chega à cabeça e irriga o cérebro. Assim, pode-se criar inúmeros problemas: limita-se o movimento do pescoço, causando muitas dores; aumenta-se pressão do olho; além de muitas dores de cabeça. Também aumenta a pressão das áreas musculares das costas, causando dores lombares.

Gostou deste post? Se sim, sinta-se à vontade para compartilhá-lo no Facebook com seus amigos.

1 Comentário

  1. Reinaldo Sampaio
    17 de February de 2018
    Reply

    Minha opinião (como profissional que usa gravata há tempos):
    Não é “a gravata” que aperta. Ela simplesmente circunda o colarinho da camisa.
    Neste conjunto (colarinho e gravata) se algo aperta, está errado; seja qualquer deles, porque nenhum precisa ser “justo” ou “apertado”.
    Quer um exemplo antigo disso? Veja no google qualquer imagem do empresário Antonio Ermirio de Moraes.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *