As lendas surgem e tornam-se populares sendo passadas de uma pessoa para outra. Se são verdadeiras ou não já é outra história. No entanto, você, com certeza, já ouviu pelo menos um desses casos a seguir, que envolvem desde um inocente boneco até a rainha dos baixinhos.

10. Lenda do Fofão


Lenda do Fofão: a lenda poderia ter causado um grande problema com a confecções de alguns bonecos, principalmente aquelas envolvidas com a fabricação dos bonecos do Fofão, ao qual possuíam uma faca presa em sua cabeça. Na época, em 1986 para ser exato, a história chegou até mesmo a assemelhar o boneco do Fofão com o famoso dos filmes, Chucky, o boneco assassino. E de acordo com o que era dito pelos populares que chegaram a abrir o boneco para verificar se a história era realmente verdade, alegaram que encontraram sim uma faca negra e pontuda dentro do boneco.

9. Xuxa e suas músicas demoníacas


Xuxa e suas músicas: Segundo a lenda ao colocar o lado B da canção Doce Mel, onde dizia “Doce, doce, doce, a vida é um doce, vida é mel”, conseguia-se ouvir claramente “sangue, sangue, sangue”, e ainda se podia ouvir que a cantora teria mais músicas com mensagens subliminares.

8. Lenda do Chupa-Cabra


Chupa-Cabra: a história que foi iniciada em Porto Rico, e em meados de 90, se espalhou pelo Brasil, onde muitos populares alegaram ter visto a criatura, que ela teria matado cerca de 8 cabras que foram mortas com dentadas no pescoço, e sem sangue algum, no entanto, nada teria sido comprovado. De tempos, em tempos surge na internet fotos como a acima, de pessoas que capturaram a suposta criatura.

7. Lenda da Loira do Banheiro


Loira do Banheiro: reza a lenda que havia uma mulher loira que matava aula no banheiro de sua escola, e como castigo, teria ficado presa. Acreditavam ainda que para que se pudesse vê-la, era necessário dar três vezes a descarga da privada, bater a porta três vezes e então chamá-la. Em outras regiões ela é chamada de Maria Algodão, era uma grande sacada para amedrontar os matadores de aulas.

6. Lenda do Homem do saco

Homem do saco: uma história que teria sido utilizada por muitas mães com a finalidade de educar os seus filhos, alegando que ao não se comportarem, o homem do saco poderia passar, e então levá-los embora.

5. Lenda da Gangue do palhaço

Gangue do palhaço: segundo a lenda, havia um palhaço que teria assassinado diversas crianças nos Estados Unidos na década de 60, e então, logo depois deste boato, surgiu a história da Gangue do Palhaço, ganhado força, e ainda feito com que muitos acreditassem que era realmente verdade.

4. Lenda da Seringa com Aids no cinema


Seringa com Aids no cinema: logo após os primeiros casos de Aids, surgiu a lenda de que algumas seringas poderiam ser colocadas nas poltronas do cinema, e que estas teriam aids, fazendo com que desta forma, assim que a pessoa sentasse, acabasse por contrair o vírus da aids.

3. Lenda do Menino chorão


O quadro menino chorão: segundo a lenda o artista deste quadro teria feito um pacto com o diabo. A criança que teria posado para retratar o quadro, teria sido assassinada em um ritual satânico. Foram feitos vários pinturas, e quem comprasse um dos quadros, supostamente seria queimado em um misterioso incêndio nas casas em que estivesse. O boato ganhou força quando viram que ao virar o quadro de lado, é visto o diabo em uma forma estranha engolindo o menino.

2. Lenda da Brincadeira do copo


Brincadeira do copo: de acordo com o que era dito, era possível invocar espíritos com o copo, sendo que esta brincadeira era bastante feita por adolescentes.

1. Lenda do opala preto


Opala preto:  segundo a lenda, Ubiratã Carlos de Jesus Chavez seria um dos bandidos mais conhecidos do Rio de Janeiro na década de 70. E em uma fuga, ele teria usado um Opala quando ele entrou em um túnel e bateu em um fusca, e ninguém teria sobrevivido. O mistério esta no fato que este opala perseguiria os carros que atravessassem o túnel de madrugada.

2 Comments

  1. P3dro Bilau
    18 de October de 2017
    Reply

    Eu comi a loira do banheiro.

  2. william haddad
    18 de October de 2017
    Reply

    A maior lenda no Brasil é de que temos POLÍTICOS HONESTOS que lutam pelo bem estar do povo…isso é de tirar o sono

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *