A indústria de alimentos tem segredos que ela definitivamente não quer que os consumidores descubram. Alguns desses segredos são guardados a sete-chaves e uma vez revelados, podem pôr muitos consumidores para correr.

 

O Zona Curiosa compartilha com você algumas dicas e segredos que o ajudarão escolher sempre alimentos de qualidade. Veja só:

1. Qualidade do queijo

Quando você compra queijo duro, preste atenção em vários detalhes: a cor deve ser homogênea, sem camada branca na crosta; os buracos devem ter o mesmo tamanho e uniformemente distribuídos; Se você pressionar levemente o queijo e não recupera sua forma original, é melhor não comprá-lo.

2. Milk Shakes


A indústria não quer que você saiba a quantidade de ingredientes que é usada para dar a consistência dos deliciosos milk shakes de lanchonetes e redes fast-food. Alguns exigem mais de 50 ingredientes, o que aumenta muito o número de calorias e a quantidade de gordura saturada ingerida.

3. Refrigerantes diet


Refrigerantes diet podem fazer você engordar. Apesar de ter zero de calorias, os refrigerantes diet podem aumentar o seu apetite e levar ao superconsumo de alimentos. Uma das teorias que critica os refrigerantes zero é que ao dar ao corpo uma injeção de açúcar sem calorias, ele reage buscando outras fontes de energia.

4. Carne


A cor da carne fresca deve ser rosa, mas não vermelha escura. Preste atenção às máscaras gordas, elas devem ser claras e claras. A estrutura da carne deve sempre retornar à sua forma original e não deve manter as mãos.

5. Sucos em caixa


Aquela bebida que você imagina ser 100% laranja, manga ou goiaba pode não passar de uma mistura de um monte de sacarose com a cor da fruta com a qual você sonhava consumir.

6. Cerveja e refrigerantes

A indústria da cerveja e dos refrigerantes não quer que você saiba que as latas de alumínio são envoltas num plástico tóxico, o Bisfenol A. Estudos mostram que o Bisfenol A causa desequilíbrios hormonais e estaria ligado a casos de câncer.

7. Gelatina


Não é segredo que a gelatina é feita por ferver a pele, tendões, ligamentos e / ou ossos de porcos e vacas.

Se você é vegetariano, pode alterá-lo para agar-agar: esta substância mantém alimentos sólidos à temperatura ambiente.

8. Peixe


O peixe fresco deve ter olhos coloridos, os olhos opacos e extrovertidos indicam que o peixe não é tão bom. As brânquias devem ser de cor vermelha intensa, em alguns casos a cor rosa clara é aceita (quando o sangue foi removido através das brânquias). O corpo deve ser flexível: se você pegar um peixe nas mãos, sua cauda deve pendurar livremente.

9. Chocolate


Para começar, ao escolher chocolate, preste atenção aos seus ingredientes: quanto mais amargo for, melhor será a qualidade. Um bom produto deve conter precisamente o cacau, qualquer variação deste componente é um sinal de baixa qualidade. Além disso, é melhor comprar um chocolate que contenha óleo de cacau e não vegetais

10. Mel

O mel natural deve ser transparente e ter uma cor uniforme. O gosto de um bom mel é muito doce, tem um aroma específico. Se você esfregar uma gota deste mel entre os dedos, ele deve ser facilmente dissolvido e absorvido na pele.

2 Comments

  1. william haddad
    31 de October de 2017
    Reply

    então façamos como as plantas…vamos produzir clorofila com a luz do sol..não pera….luz do sol dá câncer de pele….fudeu de vez

  2. Augusto
    2 de November de 2017
    Reply

    É possível perceber que quem escreveu isto é um “fresquim” provavelmente “pablovittarizado” ou no minimo um “jeanwillysólogo”! VTNC então! Eu vou comer um “podrão” ali na esquina!

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *